PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
23 ago 2016

Estúdio panorâmico sensação da Olimpíada começa a ser desmontado pela Globo


“Olha o estúdio da Globo”, essa foi a frase mais repetida entre os visitantes que chegavam ao Parque Olímpico durante a Olimpíada, que chegou ao fim no último domingo (21). O prédio de 500 metros quadrados da emissora se tornou uma atração à parte do local, que durante 17 dias foi a Disneylândia do esporte.

O Grupo Globo fez história. Nunca uma empresa de televisão havia aberto 16 canais para a cobertura de uma Olimpíada (SporTV), bem como é inédito a construção dos estúdios panorâmicos no coração dos Jogos.

A transmissão do grupo envolveu em torno de 1800 funcionários e a geração de 4000 mil horas diárias de programação.
estudio-globo
Segundo um levantamento feito pelo jornalista Ricardo Feltrin com executivos de TV, o Grupo Globo investiu aproximadamente R$ 800 milhões no projeto “Rio 2016”, que começou a ser definido logo após o fim da Olimpíada de Londres, em 2012. O investimento surtiu efeito na audiência.

Segundo o Ibope, das 7h às 24h, no período de 03 a 21 de agosto, a TV Globo teve um crescimento de 13% de participação em São Paulo. No Rio, aumentou em 17%. Já na TV por assinatura, o SporTV superou suas expectativas com os 16 canais exclusivos, tendo uma audiência 15% superior do que foi projetado.

Apesar de todos os elogios e sendo a sensação do Parque Olímpico, o estúdio panorâmico não será mantido para a Paralimpíada, que acontecerá de 7 a 18 de setembro no Rio. O prédio já começou a ser desmontado e será demolido.
O SporTV vai transmitir o evento em outro estúdio montado nos dois últimos andares de um edifício que fica em frente ao local. Já a Globo vai fazer a cobertura com entradas ao vivo de repórteres dentro do Parque.

SONY DSC

 

   Natelinha 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário