PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
29 jun 2019

Estudante Lara Lima Abrantes de 10 anos, filha dos médicos Thiago Abrantes e Marcela almeja ser juíza


Milhares de jovens sonham em ser membro do Poder Judiciário. Lara Lima Abrantes de apenas 10 anos, estudante do Colégio Sagrado Coração de Maria (CSCM), de Mossoró-RN, conhecido popularmente como Colégio das Irmãs. almeja ser juíza. Lara é determinada quanto ao caminho que pretende trilhar. Lara Lima Abrantes é filha do cirurgião do aparelho digestivo, médico do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), endoscopista, Dr. Thiago Abrantes Barbosa com atuação em Mossoró e da anestesiologista, Especialista em Anestesiologia pela Associação Médica Brasileira/Sociedade Brasileira de Anestesiologia AMB-SBA, Dra. Marcela Alves Lima Abrantes.

A pequena Lara é neta do servidor aposentado do Governo do Estado do Ceará, Sr. Josias e Sra. Lúcia e do ex-vice-prefeito e ex-Presidente da Câmara Municipal de Luís Gomes-RN, presidente municipal do Partido Social Cristão (PSC), pecuarista José Abrantes Barbosa (Zé Abrantes) e da ex-secretária municipal de saúde, ex-vice-prefeita, ex-candidata a prefeita de Luís Gomes-RN e médica do Programa Mais Médicos no Município de Paraná-RN, Dra. Antônia Gomes de Abrantes Barbosa. Lara Lima Abrantes expressou o seu desejo de ser magistrada em uma redação para o Colégio Sagrado Coração de Maria (CSCM), na qual destaca a importância dos juízes para a sociedade. Que a futura magistrada Lara Lima Abrantes tenha a bravura de decidir em favor dos hipossuficientes, dos vulneráveis e excluídos da sociedade. Que exerça o cargo com coragem, temperança e justiça.

Na redação, Lara Lima Abrantes escreveu:

Minha futura profissão

“Às vezes, quando eu estou desocupada, fico pensando o que serei quando eu crescer. De tanto pensar, acho que já decidi, serei uma juíza. Pelo o que eu sei, os juízes são muito importantes na sociedade. Minha mãe e meu pai queriam que eu fosse médica, já que eles são médicos, mas eles dizem para eu seguir meu coração. Eu vou estudar muito, tentar fazer faculdade em uma Universidade de qualidade e batalhar muito para realizar esse sonho. Peço a Deus que me ajude, mas não tenho pressa porque eu sou apenas uma criança e tenho que aproveitar essa fase da vida”.

Abdias Duque de Abrantes

Jornalista MTB-PB Nº 604

Comentários

Nome

E-mail

Comentário