PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
29 jul 2017

Estreantes marcam e São Paulo tem virada épica contra o Botafogo no Rio


Botafogo e São Paulo fizeram um jogo de sete gols, duas viradas, e de tirar o fôlego no Nilton Santos.

Depois de sair em vantagem, o torcedor paulista já parecia ter perdido as esperanças com a virada vindo com uma falha do goleiro, além de lamentar um pênalti perdido por Cueva. Mas a estrela dos estreantes Hernanes e Marcos Guilherme brilharam, e a virada do São Paulo veio nos minutos finais.

Com o 4 a 3 heroico, o São Paulo venceu pela primeira vez como visitante no Brasileiro, e deixou a zona do rebaixamento, ao menos momentaneamente. Com 19 pontos, o time paulista agora aparece na 15ª colocação, e aguarda os resultados do complemento da rodada para confirmar o afastamento das quatro últimas posições. Com 24 pontos, o Botafogo, que não vence no Brasileiro há três jogos, é o 7º colocado.

O próximo compromisso do Botafogo é contra outro paulista. Na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), mais uma vez no Nilton Santos, o adversário será o Palmeiras. Já o São Paulo joga na quinta, às 19h30, contra o Coritiba, no Morumbi.

597cf62d78ad9

Quem saiu na frente no Nilton Santos foi o São Paulo. Aos 17 minutos, Pratto partiu pela direita e tocou para Cueva. João Paulo teve a chance de afastar o perigo, mas errou feio dentro da área e o peruano recuperou a bola, tendo o trabalho apenas de mandar para a rede.

Só que o torcedor do São Paulo não teve muito tempo de comemorar. Logo após a saída no meio de campo, a bola foi alçada para a área, Bruno afastou de cabeça e Pimpão ficou com a sobra. O toque foi para Marcos Vinícius que, dentro da área, bateu cruzado.  A bola bateu na trave esquerda do gol defendido por Renan Ribeiro e, aos 19, o placar ficou em 1 a 1.

Pouco depois da igualdade, o São Paulo ficou perto de voltar a ficar na frente em um chute de Edimar que Gatito Fernández espalmou. Se o goleiro do Botafogo foi bem, Renan Ribeiro não foi.

Aos 25 minutos, Marcos Vinícius arriscou de muito longe. A bola quicou na frente do goleiro do São Paulo, que caiu sem achar nada, e os donos da casa viraram o marcador.

Na volta para a segunda etapa, o São Paulo se lançou para o ataque em busca do empate. A grande chance veio aos 20 minutos, quando Wellington Nem, que havia acabado de entrar na vaga de Marcinho, recebeu dentro da área e foi derrubado por Joel Carli. Apesar das reclamações dos botafoguenses, a penalidade foi marcada.

Na cobrança, porém, Cueva mandou no canto esquerdo do goleiro, mas o chute saiu sem força e Gatito Fernández voou para espalmar e manter o Botafogo em vantagem.

E a situação do São Paulo, que já não era boa, ficou pior quando, aos  23, Luis Ricardo avançou em velocidade pela direita e cruzou para trás. Guilherme recebeu dentro da área, livre, e bateu no canto do gol defendido por Renan Ribeiro para aumentar a vantagem dos donos da casa.

O terceiro gol do Botafogo parecia ser um castigo enorme para o São Paulo, que tinha desperdiçado a chance do empate instantes antes. Mas a equipe paulista não se abalou e conseguiu buscar o empate em apenas dois minutos.

RJ - Rio de Janeiro - 29/07/2017 - Brasileiro A 2017, Botafogo x Sao Paulo - Hernanes comemora seu gol durante partida entre Botafogo no Sao Paulo no estadio Engenhao pelo Campeonato Brasileiro A 2017 Foto: Luciano Belford/AGIF AGIF/AGIF

Aos 39, Cueva cobrou escanteio pela esquerda, Arboleda desviou e Marcos Guilherme, que entrou aos 18 da segunda etapa, diminuiu a desvantagem para apenas um gol. Era a hora do “Profeta”.

Aos 41, depois de cruzamento de Bruno, Hernanes desviou de cabeça e a bola ficou para Cueva. Pela esquerda, o peruano bateu rasteiro e sobrou novamente para Hernanes na direita. A primeira tentativa do “Profeta” foi de direita e encontrou Igor Rabello no meio do caminho. O rebote ficou mais uma vez com Hernanes que mandou de esquerda e, aí sim, foi parar na rede. E o São Paulo ainda foi buscar a virada.

Aos 47 minutos, Cueva se redimiu do pênalti perdido com um lançamento na medida para Marcos Guilherme, que invadiu a área e bateu cruzado, no canto direito de Gatito.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 4 SÃO PAULO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 29 de julho de 2017, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de GO)
Público: 17.139 torcedores
Renda: R$ 528.120,00
Cartão amarelo: SÃO PAULO: Petros
GOLS: BOTAFOGO: Marcos Vinícius, aos 18 e aos 25 minutos do 1T. Guilherme, aos 23 minutos do 2T. SÃO PAULO: Cueva, aos 17 minutos do 1T. Marcos Guilherme, aos 38 e aos 46, e Hernanes, aos 40 minutos do 2T.

BOTAFOGO: Gatito Fernandez, Luís Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luís (Victor Lindenberg); Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Marcos Vinícius (Guilherme) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger (Brenner) Técnico: Jair Ventura

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Bruno, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei e Petros (Marcos Guilherme); Marcinho (Wellington Nem), Hernanes e Cueva; Lucas Pratto (Gilberto) Técnico: Dorival Júnior

Fonte: ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário