PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
24 jun 2018

Erdogan é reeleito presidente da Turquia com pouco mais de 52% dos votos


Milhões de eleitores foram às urnas neste domingo (24) para escolher o novo presidente da Turquia. Com mais de 95% dos votos apurados, o atual líder do país, Recep Tayyip Erdogan, foi declarado vitorioso com pouco mais de 52% dos votos. Em segundo lugar aparece o social-democrata Muharrem Ince, que levou mais de 30% dos votos.

Erdogan confirmou a vitória nas urnas hoje, destacando a democracia do momento.  “Espero que ninguém prejudique a democracia, lançando uma sombra sobre esta eleição e seus resultados para esconder seu fracasso”. Essa corrida eleitoral foi considerada “chave” para o país, representando o maior desafio da carreira política do presidente eleito, apesar de ele ter entrado como principal candidato. Ele o cenário político da Turquia  desde que assumiu o cargo de primeiro-ministro, em 2003.

Erdogan confirmou a vitória nas urnas hoje, destacando a democracia do momento.  “Espero que ninguém prejudique a democracia, lançando uma sombra sobre esta eleição e seus resultados para esconder seu fracasso”. Essa corrida eleitoral foi considerada “chave” para o país, representando o maior desafio da carreira política do presidente eleito, apesar de ele ter entrado como principal candidato. Ele o cenário político da Turquia  desde que assumiu o cargo de primeiro-ministro, em 2003.

 

Vale lembrar que os turcos também votam entre candidatos ao Parlamento. Há oito partidos na briga, sendo que eleitores do Curdistão devem ser decisivos para determinar se o grupo de Erdogan terá maioria.

Erdogan convocou as novas eleições antecipadamente, há 18 meses, enquanto enfrentava diversas críticas ao governo. Os turcos estão sentindo o impacto doloroso da inflação alta, da queda da moeda do país e das altas taxas de juros, à medida que a economia fracassa. Em entrevista à CNN , eleitores disseram esperar “melhora na economia e baixa no preço dos produtos”, especialmente da “água, alimentos e energia”.

Segurança nas eleições turcas

A segurança foi uma das principais preocupações durante a votação de hoje. Alguns incidentes foram reportados, como um suposto “golpe” em Suruc, na região de maioria curda, perto da fronteira com a Síria. Segundo a Comissão Eleitoral da Turquia já foram iniciados procedimentos “administrativos e penais” para apurar a veracidade de vídeos que mostram eleitores colocando cédulas em massa nas urnas.

Vale lembrar que os turcos também votam entre candidatos ao Parlamento. Há oito partidos na briga, sendo que eleitores do Curdistão devem ser decisivos para determinar se o grupo de Erdogan terá maioria.

Erdogan convocou as novas eleições antecipadamente, há 18 meses, enquanto enfrentava diversas críticas ao governo. Os turcos estão sentindo o impacto doloroso da inflação alta, da queda da moeda do país e das altas taxas de juros, à medida que a economia fracassa. Em entrevista à CNN , eleitores disseram esperar “melhora na economia e baixa no preço dos produtos”, especialmente da “água, alimentos e energia”.

Segurança nas eleições turcas

A segurança foi uma das principais preocupações durante a votação de hoje. Alguns incidentes foram reportados, como um suposto “golpe” em Suruc, na região de maioria curda, perto da fronteira com a Síria. Segundo a Comissão Eleitoral da Turquia já foram iniciados procedimentos “administrativos e penais” para apurar a veracidade de vídeos que mostram eleitores colocando cédulas em massa nas urnas.

 

Fonte: iG

 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário