PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
16 dez 2016

E agora, como fica dormir sem o Jô?


Desde o tubo e da válvula até as 4K de agora são muitas as gerações que não conhecem a televisão sem a presença do Jô Soares.

Os mais rodados tem ainda dele recordações do alemão da “Praça”, Gordon da “Família Trapo” e da Norminha, Gardelon, Capitão Gay além de tantos outros, antes no “Viva” e no “Veja o Gordo”, em seguida.

Aqueles que vieram um pouco depois passaram a conhecê-lo à frente do “Jô Onze e Meia”, do SBT, e “Programa do Jô”, que hoje encerra suas apresentações na Globo.

Aqui, há meses, foi questionado se a televisão brasileira estava preparada para perder o Jô. Certeza que não está, tanto que a despedida de logo mais só pode ser aceita com um “até logo”.

O telespectador como um todo, mas especialmente aquele que prioriza uma televisão melhor, mais culta e inteligente, de maneira nenhuma irá permitir que ele se dedique apenas aos seus livros ou direção de espetáculos teatrais.

Antes ninguém podia ir pra cama sem ele. Agora, com uma convicção ainda maior, não dá pra ter televisão sem ele.

jo-soares-1481806004176_v2_900x506

Aquecendo os motores
Pedro Bial recebe a empresária e consultora de moda Costanza Pascolato neste domingo, às oito da noite, no GNT.

Jornalista experiente, ele tem demonstrado que a Globo acertou em cheio na sua escolha para comandar um novo programa de entrevistas no ano que vem. Está pronto para isso.

UOL

Comentários

Nome

E-mail

Comentário