PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
12 nov 2017

Deyverson + 10! Palmeiras bate o Fla, ganha folga no G4 e um pouco de paz


A torcida do Palmeiras, em dos protestos da semana, havia dito que o time deveria ser ”Felipe Melo + 10”. Contra o Flamengo, o meio-campista foi titular e jogou bem, mas quem resolveu foi aquele que teve seu nome colocado em uma carta de demissão por torcedores uniformizados: Deyverson. Ele fez os dois gols na vitória no Allianz Parque por 2 a 0, que deu folga ao Verdão no G4 e um pouco de paz após dias tensos.

Depois de duas derrotas seguidas, Alberto Valentim decidiu fazer mudanças: Luan entrou no lugar de Juninho, Michel Bastos substituiu Egídio, fora por problemas particulares, enquanto Felipe Melo pegou o posto de Bruno Henrique. Deyverson só entrou porque Willian ainda não está no seu ideal físico.

No Flamengo, Reinaldo Rueda repetiu a escalação, mas sentiu falta de Juan, que ainda está em transição entre a parte física e técnica. Seu substituto, Rafael Vaz, não foi bem.

O zagueiro rubro-negro vacilou duas vezes na etapa inicial diante do criticado Deyverson: na primeira, o centroavante entrou nas suas costas após lançamento de Moisés e abriu o placar. Depois, o palmeirense pegou o rebote de Keno na trave e fez 2 a 0. Mais uma vez era o camisa 33 flamenguista quem marcava e deixou o atacante marcar seu segundo gol no jogo, só o quinto pelo Verdão.

Desfalcado de estrelas como Diego e Guerrero, o time carioca penou para criar perigo. Até o intervalo, a única oportunidade havia sido no começo, em um chute de longe de Arão, à esquerda do gol de Prass.

Para o segundo tempo, Rueda ousou ao colocar Vinícius Júnior na vaga de Cuéllar. O Fla passou a ter mais presença de ataque, o jovem atacante infernizou Michel Bastos, mas ainda assim Prass mal trabalhava.

Diego Alves, enquanto isso, pegou chute rasteiro, cabeçada… uma delas de Felipe Melo, que sentiu dores na coxa e saiu bem aplaudido. Thiago Santos, seu substituto, quase fez o 3 a 0, mas parou em outra grande defesa do goleiro rubro-negro.

Deyverson, entre algumas tomadas erradas de decisão, seguiu com participação ativa. Apesar dos pedidos por Willian, ele ficou até o fim. Horas depois de um tenso protesto, os jogadores palmeirenses até trocaram bola sob gritos de “olé”.

Diante da apática atuação do Flamengo, venceu o time mais interessado na arena. O resultado deu nova folga ao Verdão no G4: agora são seis pontos a mais que o Botafogo e sete mais que o Rubro-Negro, que para ir à fase de grupos da Liberta depende cada vez mais da Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 2 X 0 FLAMENGO
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 12/11/2017 – 17h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)
Público/renda: 27.831 pagantes/R$ 1.830.938,52
Cartões amarelos: Renê (FLA)
Cartões vermelhos: 
Gols: Deyverson (13’/1ºT) (1-0), Deyverson (35’/1ºT) (2-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke (Jean, aos 26’/2ºT), Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Felipe Melo (Thiago Santos, aos 12’/2ºT), Tchê Tchê (Zé Roberto, aos 38’/2ºT) e Moisés; Keno, Dudu e Deyverson. Técnico: Alberto Valentim.

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Rafael Vaz, Rhodolfo e Renê (Rodinei, aos 23’/2ºT); Willian Arão (Márcio Araújo, aos 23’/2ºT), Cuellar (Vinicius Júnior, no intervalo) e Everton Ribeiro; Lucas Paquetá, Éverton e Felipe Vizeu. Técnico: Reinaldo Rueda.

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário