PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
14 jul 2015

Deputado quer blindagem em viaturas da Polícia Militar na Paraíba


sireneO deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB), apresentou Projeto de Lei na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) determinando ao Governo do Estado fazer constar em editais de licitações para aquisição ou locação de novas viaturas policiais e de condução de presos, a especificação de para-brisas blindados, no mínimo nível III, como item obrigatório.

O Projeto que deve ser levado à votação no plenário da ALPB, após o recesso parlamentar, diz ainda que nas viaturas já existentes, a instalação dos referidos para-brisas blindados, deverá ser realizada de forma gradativa no prazo de 24 meses (dois anos).

“É público e notório o crescimento da violência e a consequente evolução dos armamentos que se encontram em poder de criminosos. Cada dia mais desafiam nossos policiais e agentes penitenciários com confrontos pujantes. O número de baixas nas fileiras das Secretarias de Segurança e Defesa Social e Administração Penitenciária é alarmante”, argumentou o deputado.

De acordo com Tovar, o Projeto tem por objetivo salvar vidas aumentando a segurança dos policiais em serviço, ocasião em que, em sua maioria, quando alvejados, são baleados frontalmente. Segundo ele, dados mostram que, em 90%, dos casos, o para-brisa é o principal ponto atingido, deixando policiais mais vulneráveis.

“Quanto custa o tratamento e recuperação dos policiais feridos, as aposentadorias por invalidez, as indenizações e outras despesas para as famílias dos mortos, além do treinamento de quadros para substituir os que caíram em serviço?”, indagou o parlamentar, justificando a apresentação do Projeto.

O deputado disse ainda que a blindagem dos para-brisas não atinge 10% do valor de um veículo e sua instalação contribuirá sobremaneira para salvar número inestimável de vidas. “Por todos esses motivos, vamos solicitar o apoio de meus pares na Assembleia para que esta proposição seja aprovada”, disse.

Blog do Gordinho

Comentários

Nome

E-mail

Comentário