PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
6 abr 2018

Datena enfrenta costelas fraturadas para poder cobrir prisão do ex-presidente Lula


Às 17h (de Brasília) desta sexta-feira, 06 de abril,  venceu o prazo dado pelo juiz federal Sérgio Moro para que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se entregasse na sede da Polícia Federal em Curitiba (Paraná).

Por conta disso, Datena foi cobrir a edição especial do Brasil Urgente, até então comandando pelo filho do apresentador que pediu para deixar a apresentação do jornalístico. Para isso, o profissional teve que enfrentar duas costelas fraturadas, após uma queda que sofreu.

“Estou com muita dor. Dor de fratura de costela é terrível, mas estou vivo. Tem gente batendo o pé para eu morrer. Balanço, mas não caio. Estou aqui para mostrar para o inimigo que estou vivo. Estou com duas costelas quebradas. Está doendo muito, mas estou aqui. Me examinaram de ponta cabeça”, disse ele, mais cedo, já a postos em seu programa na Rádio Bandeirantes.

O Brasil Urgente segue cobrindo a prisão do ex-presidente. Vale lembrar que, após a ordem do juiz Sérgio Moro, Lula decidiu permanecer no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, onde está desde a noite de ontem (5).

DATENA EXPLICA ACIDENTE

Ao Uol, por telefone, o apresentador resumiu o que aconteceu. “Apenas apaguei. [Estou fazendo uma] bateria de exames”, disse ele. “Não senti nenhuma dor. Nunca tinha desmaiado na vida”, afirmou ele, que passa bem.

Joel Datena, filho do famoso, que ficou em seu lugar no Brasil Urgente, tranquilizou a todos e avisou aos telespectadores: “O meu pai passou mal na manhã de hoje. Ele se sentiu mal, a pressão caiu um pouco, mas nada demais. Foi para o hospital e está fazendo alguns exames. Tudo tranquilo, dentro da normalidade”.

“Até por que, pra derrubar o Datenão, ahhh… tem que ser uma pancada muito forte, viu? Não é qualquer pancada que derruba a gente não! Como eu costumo dizer: quanto mais força vem do outro lado, mais força a gente quer ter, pra colocar encima desses opositores, pra colocar encima de quem quer derrubar a gente. Aqui não, cumpade!”, disse Joel Datena.

 

Fonte: G1

Comentários

Nome

E-mail

Comentário