PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
15 set 2018

Conheça o curso e o mercado de trabalho de Ciências Biológicas


Carreira tem boa demanda, especialmente na área ambiental

Chico Alves

Você pensa em seguir Ciências Biológicas ou é esta uma das suas opções? Vamos  tirar algumas dúvidas sobre essa carreira. Como se sabe, o Biólogo faz pesquisa básica e aplicada sobre os seres vivos. Trabalha também na preservação, saneamento e manejo sustentável da biodiversidade de ecossistemas. O curso tem duração de quatro anos.  Matérias fundamentais no bacharelado são Matemática, Estatística e Física.

Douglas Valiati é um biólogo de 28 anos, formado no Rio de Janeiro. Ele escolheu essa graduação porque fez curso técnico de Biologia Marinha e achou que seria um bom caminho profissional. “Foi um curso muito agradável, a turma tinha muita gente que estava fazendo a faculdade porque realmente gostam do assunto”, diz ele. Para Douglas, quem quer seguir em Ciências Biológicas tem que ter persistência, principalmente na área de pesquisa. Além disso, é preciso ter muita disposição para estudar.

“É um curso que tem um leque muito grande de áreas de atuação”, diz Douglas.

Ciências Biológicas – UFJF, Divulgação

Pelos dados do Censo da Educação Superior, cerca de 70% dos alunos formados em Ciências Biológicas nos últimos anos optaram pela licenciatura, deixando em segundo plano o bacharelado. O dado mais recente, de 2015, aponta que 13.633 alunos se formaram na modalidade licenciatura em Biologia, e outros 5.808 no bacharelado.

Segundo o professor Cleber Cremonese, do Centro Universitário FSG, da Serra Gaúcha,  o mercado de trabalho para Ciências Biológicas é bastante amplo. “O biólogo pode atuar na área pública ou privada. São inúmeras as possibilidades para exercer a profissão, como em empresas prestadoras de consultoria ou assessoria, indústrias, zoológicos, secretarias do meio ambiente, administração de parques, museus ou instituições culturais”, afirma. As áreas de biotecnologia e ambiental estão em expansão, diz ele.

A preocupação com a preservação ambiental e a obrigatoriedade da certificação das empresas de acordo com a legislação para o ambiente criaram uma grande demanda para a profissão. Com a crise econômica, essa carreira, como praticamente todas, teve redução de vagas. Mas a expectativa é que assim que houver melhora no cenário da Economia, este continuará a ser um bom caminho  profissional.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário