PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
9 ago 2018

Com ‘Lei do ex’, Cruzeiro bate Fla no Maraca e abre vantagem na Liberta


Uma das leis que mais funcionam no Brasil é a “Lei do ex”. Ela voltou a aparecer na noite desta quarta-feira, no Maracanã, e o Cruzeiro derrotou o Flamengo por 2 a 0, abrindo uma boa vantagem na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. Arrascaeta, no começo do jogo, e Thiago Neves, na etapa final, balançaram a rede para o time mineiro.

As equipes se enfrentam novamente no dia 29, no Mineirão. Vale lembrar que, nesta competição, há o gol qualificado, regra que dá “peso maior” ao gol marcado fora de casa. Antes disso, no domingo, duelam pelo Brasileiro, de novo no Maracanã.

Surpresa
O Cruzeiro começou surpreendendo o Flamengo e pressionando a saída de bola. E, neste ritmo, não demorou para chegar ao gol. Em um lance com falha coletiva da defesa (mas Rodinei e Cuellar não acompanharam a linha de impedimento), Arrascaeta recebeu na cara de Diego Alves e só escolheu o canto.

Quase
Pouco depois, o time mineiro quase chegou ao segundo, quando Arrascaeta lançou Robinho, que cruzou e Thiago Neves, sozinho, cabeceou para carimbar o travessão.

Perigo aéreo
O Flamengo, por outro lado, explorava as jogadas pelas alas e bolas áreas. Algumas levaram perigo ao gol do goleiro Fábio e, em quase todas essas, com Uribe.

Bola pra cá, bola pra lá

No segundo tempo, um jogo de paciência. Os rubro-negros trocavam
passes em busca de um espaço na defesa adversária e o Cruzeiro aguar-
dava para um contra-ataque.

Lei do ex
Quando tudo parecia caminhar para a vitória simples do Cruzeiro, a
“Lei do ex” apareceu. Em lance que começou com roubada de bola de Raniel, Rafinha salva e manda para a área. Arrascaeta ajeita para Lucas Silva, que chuta. A bola pega em Thiago Neves, ex-Fla, e entra. E o time de Mano ainda teve mais chance, mas parou em Diego Alves.

Na arquibancada…
Ao apito final, vaias dos torcedores rubro-negros, e gritos de “O Maraca é nosso” dos cruzeirenses.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 2 CRUZEIRO

Data: 08 de agosto de 2018, às 21h45
Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG)
Público/Renda: 41.533 pagantes/R$ 3.273.740,00
Gols: Arrascaeta (9’/1T), Thiago Neves (32’/2T)
Cartões amarelos: Thiago Neves, Robinho (Cruzeiro), Cuéllar (Flamengo).
Cartões vermelhos: –

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei (Pará – 40’/2ºT), Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Jean Lucas (Vitinho – 19’/2ºT), Diego e Everton Ribeiro; Marlos Moreno (Lincoln – 31’/2ºT) e Uribe – Técnico: Maurício Barbieri.

CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Léo, Dedé, Egídio; Lucas Silva, Henrique; Robinho (Rafinha 28′ 2T), Thiago Neves (Ariel Cabral 36′ 2T), Arrascaeta; Barcos (Raniel 17′ 2T)

 

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário