PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
15 out 2015

Com “barriga bíblica”, novela exibe até 10 minutos de reprise por capítulo


os-atores-hikaru-kurosaki-e-kyomi-tsukada-em-foto-da-serie-jaspion-1444854862537_300x200Mesmo os maiores fãs de “Os Dez Mandamentos” já notaram que a novela entrou em uma fase de grande enrolação – uma “barriga”, como se diz no meio, de dimensões bíblicas.

Como qualquer emissora faria, a Record está esticando o seu maior sucesso de 2015 o quanto pode. A previsão é que “Os Dez Mandamentos” fique no ar até a segunda quinzena de novembro, mas ainda não foi anunciado oficialmente o dia do último capítulo.

As dez pragas enviadas por Deus ao Egito para pressionar Ramsés a libertar os hebreus estão servindo de pretexto para a encheção de linguiça. Da primeira à sétima praga, de 30 de agosto a 9 de outubro, já foram 30 capítulos. Seguindo este ritmo, é possível prever mais três semanas até a praga derradeira, que levará o faraó, finalmente, a deixar os hebreus partirem.

A emissora está reeditando os capítulos de forma drástica para esticá-los. Uma das maneiras de fazer isso é encher o episódio de flashbacks — cenas nas quais os personagens se lembram de situações ocorridas anteriormente.

Outra forma, mais preguiçosa, de fazer isso é aumentando o tempo dedicado ao resumo do capítulo anterior. Na última sexta-feira (09), por exemplo, os primeiros 10 minutos de um total de 54 do capítulo foram ocupados integralmente com cenas do episódio do dia anterior (08). Isso significa que 18%, ou quase um quinto do material exibido, não foi original.

O capítulo desta segunda-feira (12) começou mostrando parte das impactantes cenas da sétima praga exibidas na sexta-feira (09), que haviam sido exibidas originalmente na quinta-feira (08). Ou seja, com reprise da reprise.

Como a audiência não dá sinais de declínio, ao contrário, segue em curva ascendente, a estratégia da Record pode ser considerada bem-sucedida. Apaixonado pela novela, o público demonstra ter paciência de Jó para tanta enrolação.

Comentários

Nome

E-mail

Comentário