PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 set 2017

Com arbitragem polêmica, Atletiba fica no 1 a 1


A partida desde o início foi pegada, seguindo à risca os clássicos entre Coritiba e Atlético-PR. Logo no primeiro minuto ficou nítido quando com menos de um minuto Léo chegou forte em Fabrício na lateral esquerda e resultou na discussão entre os dois jogadores.

Ambas as equipes abusavam dos erros de passes e o jogo ficou mais concentrado no meio-campo. Tanto Atlético quanto o Coritiba não conseguiam colocar velocidade no ataque e as jogadas ofensivas eram escassas.

A tônica ainda seguia sendo a disputa entre os jogadores, e que por vezes era exagerada. Paulo André acertou o rosto de Kléber em uma disputa e, minutos mais tarde, foi vez do atacante devolver a ação no zagueiro atleticano.

O Atlético aos poucos ia se mostrando como o mais interessado em propor o jogo e foi recompensado aos 40 minutos. Alan Santos derrubou Lucas Fernandes e o pênalti foi marcado aos mandantes. Na cobrança, Nikão conseguiu deslocar Wilson, mas acertou a trave e desperdiçou a chance de colocar o time rubro-negro na frente.

622_3062c672-d1a1-425e-bc12-cc2e577a9939

E como diz o ditado, “quem não faz, toma”. Sem praticamente incomodar o gol de Weverton, na primeira chance que teve, o Coritiba marcou. Quatro minutos depois do pênalti desperdiçado por Nikão, o zagueiro Werley desviou falta cobrada por Rafael Longuine e deixou o Coritiba na frente no Atletiba.

Com a vantagem, o Coritiba se fechou no segundo tempo e tentou explorar os contra-ataques. A alternativa do Atlético era de pressionar ainda mais. Mesmo com a partida sendo mais intensa, as chances claras ainda eram escassas para os dois lados.

Fabiano Soares e Marcelo Oliveira mudaram seus times. Tentando ter mais velocidade e qualidade na armação, Felipe Gedoz, Matheus Rosetto e Ribamar entraram no Atlético. Tiago Real e Iago Dias foram os escolhidos no Coritiba, além de Cléber que entrou no lugar do lesionado Werley.

Por buscar mais o gol, o Atlético acabou sendo recompensado. A substituição fez efeito e Felipe Gedoz sofreu mais um pênalti. Ele mesmo foi para a cobrança e decretou o empate no clássico.

Fonte: ESPN

Comentários