PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 abr 2015

Senador Cássio diz que povo está cansado: ‘Cem dias sem governo’


Cássio-1O senador Cássio Cunha Lima (PB), líder do PSDB, lembrou que nesta sexta-feira (10) o governo de Dilma Rousseff completa 100 dias, “mas a sensação que se tem é que um governo que mal começou, já terminou”.

“A presidente perdeu, lamentavelmente, as características que são intrínsecas ao regime presidencialista, que é o comando do Chefe do Poder Executivo, o exercício da autoridade, a credibilidade para a condução dos destinos do país. E estes pré-requisitos básicos para o exercício do mandato já não se percebem nesses cem dias de um mandato que praticamente começou terminando” – afirmou.

ESCÂNDALOS CONSTANTES

Isso porque, segundo disse, há uma verdadeira “renúncia branca”, já que a presidente não comanda a economia- quem a comanda é o ministro da Fazenda, Joaquim Levy – e a coordenação política está a cargo do vice-presidente, Michel Temer.

Cássio Cunha Lima também destacou os constantes escândalos que ocupam o noticiário nacional, como o da Petrobras, do Conselho de Fiscalização da Receita Federal, e o do fundo de pensão dos funcionários dos Correios, o Postalis, cujo rombo foi de R$ 5 bilhões.

“São recursos que terão de ser restituídos pelos funcionários e aposentados dos Correios, que nos próximos 15 anos, por uma década e meia, terão que descontar de seus contracheques, em alguns casos, até 26% dos vencimentos. E vai ficar por isso mesmo? E não vai dar em nada?” – perguntou, indignado.

TAPA NA CARA

Para Cássio, “todos os dias estamos sendo violentados por uma estrutura que se apoderou do Estado brasileiro, e que fez da corrupção um ‘modus operandi’ para se perpetuar no poder, e que quebrou o País”. Ele disse que basta analisar os dados da nossa economia para comprovar que o Brasil “está literalmente quebrado e foi quebrado pela irresponsabilidade fiscal, pela demagogia, pela incompetência, pela incapacidade e pelas mentiras que foram dirigidas à nossa sociedade”.

“Esse sentimento de indignação crescente na população brasileira decorre desse tapa na cara, tapa que levamos todos os dias” – bradou o senador.

CHEGA! VAMOS ÀS RUAS!

“É por isso que dia 12 nós vamos para as ruas de novo. Nós vamos para as ruas, porque queremos mudança, queremos dar um basta, queremos dizer chega, chega de corrupção, chega de desmando, chega de roubalheira” – conclamou o líder do PSDB.

whatn

Comentários

Nome

E-mail

Comentário