PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
4 abr 2019

Carlos Alberto de Nóbrega passa mal durante gravações de A praça é Nossa no SBT


O apresentador do humorístico do SBT “A Praça É Nossa”, Carlos Alberto de Nóbrega, passou mal nesta quinta-feira (04) e precisou cancelar as gravações do programa. A TV Foco teve acesso a informações exclusivas de que ele teve um pico de pressão durante a gravação do programa e teve correr para o hospital. Após ser medicado, o apresentador foi encaminhado para a casa, com o intuito de repousar.

“A Praça É Nossa” está no ar no SBT desde 1987 e é exibida todas as quintas-feiras, às 22h30.

Nesta quinta-feira (04), A Praça é Nossa estreia o quadro “A Ciumenta”, com a atriz Renata Brás e o ator Davi Novaes. Na atração, o casal chega ao banco de Carlos Alberto de Nóbrega sempre discutindo, com a esposa contestando o marido a respeito de outras mulheres.

É muito difícil ser casada com um conquistador sem vergonha. É terrível”, afirma Renatinha ao apresentador. “Oh se sô”, responde o acanhado Davi em tom de ironia. “Olha, não é fácil ser casada com um homem LTBG”, diz ela. Carlos pergunta o que significa a sigla e a mulher ciumenta explica: “lindo, tesão, bonito e gostosão”.

Durante o papo, a esposa questiona tudo que o companheiro diz e relaciona todas as falas a um suposto interesse dele por outras mulheres. O riso, como sempre, é garantido com essa turma. O humorístico traz ainda os quadros de Nina, El Curandeiro, Dapena, Os Milionários e muito mais.

Carlos Alberto de Nóbrega mandou um recado para o filho Marcelo de Nóbrega recentemente. Na edição da última segunda-feira, 01, do programa Todo Seu, na TV Gazeta SP, o apresentador do humorístico A Praça é Nossa voltou a falar sobre o incidente médico do filho há algumas semanas e mandou um recado para ele.

“Se eu souber que você fumou um cigarro eu tiro da Praça (A Praça é Nossa). Cigarro é um veneno. As pessoas não acreditam”, falou o apresentador. “Ele é tão louco que sobreviveu. Foi o maior susto da minha vida. Eu pirei e ainda estou pirado”, acrescentou.

Em conversa com o Tricotando, da RedeTV, o apresentador deu mais detalhes de como tudo aconteceu. “Eu estava no Chile e lá pelas seis, seis e meia, vejo a Renata [esposa do Carlos] falando muito no celular, achei que era algo de médico. Me arrumei, fomos em um restaurante maravilhoso que tem lá e ela me disse: ‘Acho que daqui a pouco vou te dar uma notícia’. Eu pensando que ia aparecer um filho, um bolo, alguém.. 15 minutos depois ela disse que e a gente tinha que ir para o Brasil amanhã. E aí ela me disse: ‘Está tudo bem com o Marcelo, tá ótimo, mas o Marcelo infartou’. A dor que eu senti no coração esse dia foi uma das maiores dores que já senti. Já perdi uma filha, eu sei como dói perder um filho. Não sei te contar o que passou pela minha cabeça, porque ia ser o fim de tudo. O Marcelo não dirige [a Praça é Nossa] lá em cima, ele dirige na minha frente. Como eu vou gravar a praça sem ter o Marcelo na minha frente? Acabou! Eu ia parar com 83 anos. O que eu ia fazer? Acabava. Eu vi acabar ali a vida do meu filho e o futuro dos outros meus filhos, das minhas netas“, revelou.

Você enterra um pai, você enterra uma mãe, mas não é justo enterrar o filho. Foi um dos dias mais terríveis da minha vida”, completou Carlos. O apresentador ainda relatou a vida preocupante que o filho leva. “Isso foi uma desgraça programada, porque o Marcelo é uma bomba relógio. A vida que ele leva… um cara que acorda oito e meia, toma uma xícara de café, vai correr, vai treinar boxe, almoça nove horas da noite, vai jantar uma e meia, duas horas da manhã, toma anti-depressivo e toma cerveja, um copinho, mas é cerveja“, entregou o patriarca da família Nóbrega, que ainda completa: “Ele fumava demais, vida desregrada. A gente esperava, mas não agora“.

 

Fonte: TV Foco

 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário