PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
9 jul 2017

Bottas vence o GP da Áustria e se aproxima da briga pelo título


Finlandês faz prova sem cometer erros e tem Vettel na sua cola no fim. Massa finaliza nos pontos.

E o monótono GP da Áustria terminou como começou. Com Valtteri Bottas tranquilo, vencendo a prova e tendo Sebastian Vettel na sua cola. Daniel Ricciardo completou o pódio. Hamilton enfrentou problemas nos pneus e não conseguiu entrar na briga, finalizando em quarto.

Com o resultado, Valtteri Bottas se aproxima da briga pelo título, estando apenas a 16 pontos de diferença de Hamilton. Felipe Massa, que largou em 17o, na largada já era o décimo. O brasileiro finalizou a prova em nono, marcando mais dois pontos.

Na largada, Bottas largou muito bem e seguiu na ponta, Vettel veio logo atrás, enquanto Verstappen largava mal e caia para o meio do pelotão. Kvyat acertou Alonso na curva 1, que acertou Verstappen.

Alonso e Verstappen já abandonavam nos boxes, quando os carros completavam a volta 1. Grosjean já estava na quinta colocação, enquanto Felipe Massa subia para nona colocação.

Hamilton ganhou uma posição na largada, mas fazia as primeiras voltas com um ritmo lento, pois em sua estratégia, ia com pneus super macios, mais lento que os líderes, que iam de ultra macios.

O britânico conseguiu superar Sérgio Perez e subia para sexto na volta seis. Duas voltas depois, já superava Grosjean e ficava com a quinta colocação.

Vettel reclamava no rádio, alegando que Bottas teria queimado a largada, mas nas imagens, claramente, mostrava que o finlandês teve uma reação muito rápida, mas sem a queima. O carro da Mercedes abria muito em relação à Ferrari.

Muitos pilotos reclamavam de bolhas nos pneus. Isso pegou todos de surpresa, pois o traçado austríaco não é tão abrasivo, e nas simulações de corrida realizadas no treino de sexta-feira, esse problema não fora apontado.

Na volta 21, Hamilton encostou em Raikkonen, para brigar pela quarta colocação. O piloto da Mercedes seguia próximo, mas não o suficiente para atacar.

No giro 32, Magnussen abandonava nos boxes. Na mesma volta, Hamilton antecipou sua parada e colocou pneus ultra macios. Ricciardo parou duas voltas depois, enquanto Hamilton já fazia voltas mais rápidas com seus jogos novos.

Na volta 35, foi a vez de Vettel parar, o alemão voltou rápido para a pista. Hamilton, que tinha parado há pouco tempo já reclamava de bolhas nos pneus.

Bottas finalmente parou na volta 41, colocando pneus supermacios. O finlandês perdeu um pouco de tempo na parada, mas nada que mudasse algo na corrida.

Bottas fez a ultrapassagem em Raikkonen, que ainda não tinha parado, e reassumiu a ponta. O piloto da Ferrari parou no giro 45, caindo para a quinta colocação.

Massa, que já estava em sexto, era o único que ainda não tinha parado e realizou seu pit stop, na volta 48, voltando na nona colocação.

118105da-b0cb-46f0-bd9f-df3be585b2b4 (1)

Enquanto a monótona prova chega em seu final, Kimi Raikkonen arrumava um tempo para cravar o recorde da pista, 1:07.680. Voltas depois, Hamilton derrubava esse recorde, marcando 1:07.608.

Hamilton, mesmo com problemas nos pneus, se aproximava de Ricciardo, buscando um lugarzinho no pódio. A chuva chegou a ameaçar por alguns minutos, mas não o suficiente para mudar alguma coisa.

Hamilton atacou Ricciardo na penúltima volta, mas o australiano se segurou bem, garantindo a terceira colocação. Bottas venceu, seguido de perto por Sebastian Vettel. Hamilton finalizou em quarto.

Felipe Massa conseguiu finalizar na nona colocação, somando mais dois pontos para o campeonato.

Confira o resultado do GP da Áustria:

1) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
2) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
3) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)
4) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
5) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
6) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
7) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
8) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
9) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
10) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
11) Jolyon Palmer (ING/Renault)
12) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda)
13) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
14) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber-Ferrari)
15) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
16) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)
OUT) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault)
OUT) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
OUT) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda)
OUT) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)

Fonte: Lance!

Comentários

Nome

E-mail

Comentário