PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
16 maio 2015

Botafogo goleia o CRB em dia de homenagens para Nilton Santos


Sob a benção de Nílton Santos, que completaria neste sábado 90 anos, e recebeu várias homenagens no estádio que leva o seu nome, o Botafogo arrasou o CRB-AL por 4 a 1, com olé no fim, e manteve 100% de aproveitamento no Brasileiro. Com o resultado, o clube da “Enciclopédia” chegou ao G-4 da Série B. O jogo teve as estreias de Camacho e Lulinha, que entraram na etapa derradeira e acompanharam o padrão da equipe.

 Na realidade, se o time carioca forçasse a barra, poderia ter vencido por seis ou sete, tal a facilidade que encontrou, principalmente nos últimos 45 minutos. A lamentar apenas os quatro cartões amarelos inúteis – Marcelo Mattos, William Aarão, Élvis e Rodrigo Pimpão – e a expulsão deste último, quando o placar já era de 4 a 0.

Botafogo-CRB-FOTO-Cleber-MendesLANCEPress_LANIMA20150516_0139_51

Pimpão e Bill comemoram mais um gol do alvinegro no Nilton Santos (FOTO: Cleber Mendes/LANCE!Press)

O time alagoano acreditou que poderia abrir mão do jogo cauteloso, e acabou cometendo dois erros que lhe custaram a desvantagem mínima no primeiro tempo: esbarrava na marcação e deixava espaços em excesso atrás, permitindo que o Alvinegro chegasse com frequência e rapidez ao ataque. Aos 17, Sassá superou Paulo Sérgio na velocidade e cruzou da esquerda para Bill, que escorou de carrinho, sem chance para Júlio César. O Botafogo, no entanto, diminuiu o ritmo, desperdiçando a possibilidade de liquidar antes do intervalo.

O Alvinegro voltou a forçar no começo da etapa final, e teve um gol mal anulado logo aos três minutos, pois o auxiliar Claysson Vieira de Moraes assinalou equivocadamente posição irregular de Bill. Mas aos oito, Júlio César deu um belo presente para Lulinha, que bateu da meia-lua: 2 a 0. Aos 16, Rodrigo Pimpão rolou para William Aarão, que chutou à direita: 3 a 0. Aos 22, Élvis cabeceou para nova falha do goleiro: 4 a 0.

A partida estava tão fácil, que o Alvinegro relaxou demais, deixando que o CRB tentasse diminuir o vexame. Vale lembrar também que Rodrigo Pimpão recebeu o cartão vermelho, por reclamação, aos 26. Assim, aos 31 minutos, Fernando recebeu de Daniel Cruz e concluiu sem chance para Jéferson: 4 a 1.

No próximo sábado, na B, o Botafogo tem compromisso mais complicado, com o Atlético-GO. Como o jogo é no Mané Garrincha, em Brasília, é possível que o time carioca tenha mais uma vez a benção de outro de seus craques extraordinários, que afinal também dá nome ao estádio.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 4X1 CRB

Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Paulo H Schleich Vollkopf (MS)
Público/Renda:  10.600 pagantes / R$ 319.850,00
Gols: Bill (17’/1ºT), Lulinha (9’/2ºT), Willian Arão (16’/2ºT), Elvis (21’/2ºT) e Fernando (31’/2ºT/CRB)

BOTAFOGO

Jefferson; Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta, Carleto; Marcelo Mattos (Camacho 18’/2T), Willian Arão, Daniel Carvalho (Elvis 12’/2T); Sassá (Lulinha 4’/2T) Rodrigo Pimpão e Bill. Téc: René Simões.

CRB
Júlio César; Paulo Sérgio, Daniel, Audálio, Gleidson; Glaydson (Fernando 18’/2T), Olívio, Leandro (Gerson Magrão 27’/2T), Clebinho (Kenedy 20’/2T), Maxwel e Daniel Cruz. Téc: Alexandre Barroso.

LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário