PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
18 jun 2017

Bonde do Brasil e Vinícius Mendes fazem homenagem a cantora Eliza Clívia


clima entre os artistas que se apresentaram na sexta-feira (16) no Parque do Povo, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, era de comoção pela morte da cantora paraibana Eliza Clívia.

A ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró e o marido dela morreram em um acidente de carro em Aracaju, Sergipe. Bonde do Brasil, Vinícius Mendes e Forró das Antigas cantaram sucessos que foram consagrados na voz da artista.

Os integrantes da Bonde do Brasil disseram que eram amigos de Eliza e haviam encontrado com ela há menos de três meses. Eles afirmaram que estavam de luto e lamentaram a morte trágica da cantora.

carmen-lucia-rodrigo-maia-henrique-meirelles

“Ela era muito amiga da gente. Já participou de alguns shows conosco e não tem como não lembrar dela. A gente está nesse clima de festa de São João, mas é uma tristeza por dentro, porque a presença dela ainda é muito forte para todos nós”.

vinicius-mendes

Já o cantor sertanejo Vinícius Mendes também fez uma homenagem à ex-vocalista da Cavaleiros do Forró. De forma improvisada, o paraibano cantou durante o show uma música que era interpretada pela cantora. Apesar de nunca ter tido contato com Eliza, Mendes disse que ouvia a cantora desde criança e tinha o sonho de conhecê-la. Segundo ele, a homenagem não estava programada. “Não senti que tinha obrigação, fiz o que o meu coração pediu”.

O grupo Forró das Antigas, que faz um show voltado para grandes sucessos do ritmo dos anos 1990, também disse ser fã da cantora. No repertório da banda, já estavam incluídas músicas dela. “A única homenagem a ser feita para ela é cantando as músicas que ela cantava. Era um nome forte do forró e uma mulher muito forte de personalidade”. Na apresentação, eles cantaram “A vontade que eu tenho” e “Mar de doçura”.

vinicius-mendes

Morte de Eliza Clívia

No início da tarde da sexta-feira (16) a cantora paraibana Eliza Clívia, 37 anos, ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró , e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de trânsito no Centro de Aracaju, segundo o produtor da cantora Jailson Souza.

A cantora estava em Aracaju para divulgar um show, que seria realizado na noite da sexta-feira (16), e fazer entrevistas. Ela, que iniciou a carreira solo há quatro meses, integrou por dez anos a banda Cavaleiros do Forró.

Luto em Livramento

A prefeita da cidade de Livramento, Cariri paraibano, Carmelita Ventura, decretou luto oficial de três dias no município após a morte da cantora Eliza Clívia. Livramento é a cidade natal de Eliza, e a prefeita é prima de primeiro grau da cantora.

Fonte: G1 – PB

Comentários

Nome

E-mail

Comentário