PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
10 maio 2016

Base, renegados e pechinchas: melhores do Paulista e Carioca custaram pouco


Após as finais dos estaduais e a definição dos novos campeões, as Federações Paulista e Carioca escolheram as tradicionais “seleções” de cada campeonato. Nesse ano, porém, não foram as grandes e caras contratações que se destacaram nos estaduais.

Entre os 11 do Campeonato Carioca, três são revelações das categorias de base dos clubes e apenas um custou caro a seu novo time. A grande maioria dos escalados foram contratados após rescisão ou término de seus antigos vínculos com outras equipes.

A seleção do Carioca:

Goleiro – Martín Silva (Vasco)

Algumas vezes chamado pela seleção uruguaia, Martín Silva chegou ao Vasco no início de 2014. Rescindiu seu contrato com o Olimpia-PAR antes de ser contratado pelos cariocas, aonde virou titular do time que disputou a Série B da época.

Lateral-direito – Rodinei (Flamengo)

O lateral de 24 anos defendia a Ponte Preta em 2015. Após se destacar no Brasileiro, foi alvo de disputa por vários clubes. Acertou com o Flamengo em janeiro por cerca de R$ 3,7 milhões.

Zagueiros – Rodrigo e Luan (Vasco)

Já experiente, Rodrigo deixou o Goiás e se transferiu para o Vasco em janeiro de 2014. Não teve custos. Luan, por outro lado, é cria da base do clube que defende desde 2006.

Lateral-esquerdo – Diogo Barbosa (Botafogo)

O jovem lateral pertence ao Coimbra-MG. Estava emprestado ao Goiás no ano passado. Sem espaço, foi repassado para o Botafogo.

Meio-campistas – Willian Arão (Flamengo); Andrezinho e Nenê (Vasco); Gustavo Scarpa (Fluminense)

622_5bba0112-05c2-349a-b4cb-58d7646eba60

Em negociação polêmica, Arão deixou o Botafogo e se transferiu para o Flamengo sem custos. Andrezinho voltou da China e foi contratado pelo Vasco em julho de 2015, também de graça. O caso é parecido com o de Nenê. Estrela do time, deixou o West Ham em agosto do ano passado e assinou com o Vasco. Mais jovem do setor, Scarpa chegou ao Fluminense em 2012, ainda nas categorias de base.

Atacantes – Ribamar (Botafogo) e Riascos (Vasco)

O centroavante do Botafogo tem apenas 18 anos e é cria das bases do clube. Por outro lado, o colombiano Riascos foi comprado pelo Cruzeiro no início de 2015 e está emprestado ao Vasco.

622_f36dca36-42dc-3daf-9ae5-5ce525911c31

No Campeonato Paulista, destaque para outro ano produtivo das categorias de base do Santos. São quatro “meninos da Vila” entre os escolhidos para o time ideal. Fagner, do Corinthians, e Lucas Lima, do Santos, foram os que mais custaram aos cofres de suas equipes. Mesmo assim, o valor ultrapassa, por pouco, R$ 6 milhões.

A seleção do Paulista:

Goleiro – Vanderlei (Santos)

Entre 2007 e 2014, o goleiro defendeu o Coritiba. No início de 2015, deixou o clube do Paraná para assinar com o Santos por um valor não renovado.

Lateral-direito – Fagner (Corinthians)

Fagner foi revelado pelo próprio Corinthians, mas deixou o time em 2007. Em janeiro de 2014, foi emprestado pelo Wolfsburg para os paulistas. Teve 50% de seu passe comprado no início do ano passado, por R$ 1,2 mi.

Zagueiros – Felipe (Corinthians) e Gustavo Henrique (Santos)

Felipe chegou ao Corinthians em 2012. No começo desse ano, o clube comprou os 50% restantes dos direitos do valorizado defensor. Gustavo Henrique, de 23 anos, foi revelado pelas categorias de base do Santos.

Lateral-esquerdo – Zeca (Santos)

O jogador de 21 anos ganhou espaço em 2015. É mais uma revelação da base do Santos.

Meio-campistas – Thiago Maia (Santos); Camacho (Audax); Tchê Tchê (Audax); Lucas Lima (Santos)

Assim como Zeca e Gustavo Henrique, o volante Thiago Maia é cria das equipes de base do Santos. Camacho e Tchê Tchê tiveram passagens por clubes maiores, mas ambos assinaram com o Audax sem gerar custos. Lucas Lima é o mais conhecido entre os meias. Foi comprado do Internacional, em fevereiro de 2014, por R$ 4,9 mi.

Atacantes – Gabriel (Santos) e Roger (Red Bull Brasil)

Gabriel é um dos principais nomes do Santos e tem sido destaque desde suas participações nas categorias de base do time. Artilheiro do Paulista com 11 gols, Roger já trocou o Red Bull pela Ponte Preta. Porém, havia chegado ao time que defendeu no estadual em janeiro, sem custos.

 

 

  ESPN

Comentários

Nome

E-mail

Comentário