PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
5 set 2015

Atlético-MG derrota o Vasco e afunda mais o Cruz-Maltino


Paulo-Internacional-Morumbi-fotoAle-CabralLANCEPress_LANIMA20150905_0156_4

O melhor ataque do campeonato nem precisou de muito, neste sábado, contra a pior defesa. O Vasco tentou, lutou, mas foi derrotado pelo Atlético-MG, no Maracanã, por 2 a 1. Assim, parece cada vez mais próximo da sepultura da Série A.

O Cruz-Maltino parecia outra equipe em relação à que vinha sendo humilhada rodada após rodada no Campeonato Brasileiro. Com personalidade, ousada até na saída de bola, e com a presença de Leandrão, no comando de ataque, chamando a atenção defesa do Atlético-MG. O Galo, por sua vez, parecia esperar o ataque vascaíno, pela necessidade que tinha de vencer. E, assim, numa rápida troca de passes, Patric apareceu sozinho na área. Rodrigo teve que fazer o pênalti, que Lucas Pratto converteu aos 22 minutos.

Mas a dificuldade de fazer gol do Vasco voltou a ficar evidente quando, aos.28 minutos, Nenê recebeu bom passe de Diguinho, mas não chutou bem. Pela direita, faltou precisão ao canhoto. Dois minutos depois, Leandrão fez o clássico trabalho de pivô e chutou forte. Victor justificou os elogios da torcida e espalmou para fora.

E quando o a equipe ainda reclamava um pênalti, o Galo armou contra-ataque e Dátolo acertou o ângulo direito de Jordi. Golaço no Maracanã, aos 42 minutos.

Na segunda etapa, o time de São Januário pareceu menos organizado, mas continuou fazendo partida parelha. O problema é que manter a média de uma atuação apenas razoável dos visitantes é muito pouco quando a necessidade vascaína é infinitamente maior.

Nenê buscou jogo, Leandrão teve chance e Bruno Ferreira foi derrubado, mas o árbitro demorou a marcar, mas marcou o pênalti. Aos 28 minutos, Nenê fez o primeiro gol dele pelo Cruz-Maltino e deu fim a um jejum de – acredite – mais de 700 minutos sem balançar redes. Mas foi só isso que o ímpeto do Vasco conseguiu transformar em qualidade. Rafael Silva entrou no segundo tempo e ainda conseguiu ser expulso por dois cartões amarelos. O time está na CTI. Em pouco tempo, nem por aparelhos vai conseguir respirar.

FICHA TÉCNICA 

VASCO 1 X 2 ATLÉTICO-MG

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 05/09/2015 – 19h30
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Evandro Gomes Ferreira (GO) e Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO)
Público e renda: 7.771 pagantes/R$ 230.460,00
Cartões amarelos: Lucas, Jorge Henrique e Rafael Silva (Vasco); Dátolo (Atlético-MG)
Cartão vermelho: Rafael Silva (Vasco)
Gols: Lucas Pratto, aos 22’/1°T (0-1); Dátolo, aos 42’/1°T (0-2); Nenê, aos 28’/2°T (1-2)

VASCO: Jordi, Bruno, Luan, Rodrigo e Christianno; Diguinho, Lucas (Seymour, aos 11’/2°T), Julio dos Santos Andrezinho, aos 25’/2°T) e Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva, aos 10’/2°T) e Leandrão – Técnico: Jorginho

ATLÉTICO-MG: Victor, Patric, Leonardo Silva, Edcarlos e Pedro Botelho; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Giovanni Augusto (Dodô, aos 20’/2°T) e Dátolo; Thiago Ribeiro (Cárdenas, aos 20’/2°T) e Lucas Pratto- Técnico: Levir Culpi.

LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário