PUBLICIDADES
PUBLICIDADE
  • Facebook do Uirauna.net
  • Twitter do Uirauna.net
  • Canal do youtube do Uirauna.net
  • Instagram do Uirauna.net
  • Whatsapp do Uirauna.net
  • Feed do Uirauna.net
25 jul 2015

América supera rival e conquista a Série B do Campeonato Carioca


America-Rio-Foto-Sandro-VoxAmerica_LANIMA20150725_0083_52O América sagrou-se campeão da Série B do Campeonato Carioca-2015. Neste sábado, no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador, derrotou a Portuguesa por 2 a 1. Assim, encerrou a sua participação no Triangular Final da Segundona com dez pontos, contra cinco da Lusinha, que ficou em segundo lugar. As duas equipes garantiram o acesso para a Primeira Divisão. O Americano terminou em terceiro lugar, com quatro.

Os gols do América foram marcados por Marcelinho e Vagner Eugênio. Alan Miguel marcou para a Portuguesa. O estádio da Ilha teve a presença de 2 mil torcedores (capacidade máxima liberada pelos bombeiros). E a maioria da torcida foi Alvirrubra, que começou uma grande festa a partir dos 20 minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Vagner Eugênio marcou o gol que fechou o placar.

O jogo começou debaixo de chuva e bem movimentado. Mais eficiente no ataque, o Mecão, que jogava pelo empate para levantar o caneco, saiu na frente quando Marcelinho chutou de longe e enganou o goleiro Ricardo, abrindo o placar.  A Portuguesa, que só seria campeã se vencesse a partida, foi toda para cima teve grande chance com Allan aos 29 minutos. Dentro da área, o artilheiro da Série B com 20 gols, entrou na cara do gol e chutou para fora. O América também assustava e Léo Rocha teve tudo para ampliar. Porém, na pressão, a Lusinha conseguiu chegar ao empate aos 41 minutos, quando o zagueiro Allan Miguel mandou uma bomba de longe sem chance para o goleiro Felipe.

Na etapa final, a Portuguesa conseguiu equilibrar a partida, mas estava com o seu astro Allan em mau dia. E ainda levou uma ducha de água fria aos 19 minutos, quando após uma bola espirrada, o veterano Jean ajeitou e Vagner Eugênio concluiu para fazer o gol que matou o jogo para o América. Aí, os jogadores e a torcida só precisaram esperar o apito do juiz para festejar o segundo título de Segundona (o outro foi em 2009).

– Esta semana toda eu estava pensando sobre o fato de não ter feito nenhum gol no campeonato. Pedi para ser abençoado. E fui. Marquei justamente o gol do título – disse o zagueiro Vagner Eugênio à Rádio FurBR.

– É campeão, de volta para a Série A – gritava o meia Accioli, pulando com a torcida.

O veterano Somália, que entrou no último minuto para ser aplaudido pelos torcedores do América fez uma análise na qual alfinetou os críticos sobre a campanha do time, que entrou no Triangular pelo número de pontos marcados, enquanto os rivais entraram por ser campeões de turno (a Lusa venceu o 1º Turno derrotando o Americano na final; o Americano entrou como campeão do returno, vencendo a Portuguesa na final).

 – Hoje, mais do que nunca, o time se superou, se consagrou. Nas quatro partidas finais, o momento de decisão, o América mostrou o seu valor e mereceu conquistar o aceso e o título – disse Somália.

O meia Léo Rocha se destacava dos demais por usar uma camisa com a frase “Obrigado Edu e Arturzinho”. Foi uma homenagem para dois profissionais que deixaram o time na véspera do Triangular Final: Arturzinho (técnico dispensado que cedeu o lugar para o interino Ricardo Cruz) e Edu Coimbra (diretor de futebol, um dos maiores ídolos do clube e irmão de Zico, que pediu para sair do cargo após a dispensa do técnico).

– Este titulo é de 80 a 90% para o Edu Coimbra e o Arturzinho , pois eles nos ajudaram muito – disse Léo Rocha.

LANCENET! 

Comentários

Nome

E-mail

Comentário